Existem algumas componentes fundamentais para que os utilizadores tenham um sistema seguro e uma “vida” mais protegida on-line. Manter o sistema operativo actualizado é fundamental. Ter um antivírus instalado e actualizado também. A terceira passa pela utilização de palavras-passe, ou passwords se preferir, realmente seguras.

As palavras-passe embora fáceis de definir, são uma dor de cabeça para muitos cibernautas, dado que a utilização de uma expressão muito simples pode ser uma porta de entrada para muitos utilizadores mal intencionados e colocar em risco o seu e-mail, os seus dados pessoais e até contas bancárias.

Para o ajudar a criar uma palavra-passe segura e da qual se possa lembrar aqui ficam algumas dicas: 

1. Usar diferentes classes de caracteres

Existem diversas classes de caracteres. Letra pequena (a-z), Letra grande (A-Z), Números (0-9) e ainda Símbolos (!”#$%). Para uma password ser eficaz deverá usar pelo menos duas classes diferentes e idealmente 4.

Vamos imaginar que alguém utiliza como palavra-passe o nome do seu animal de estimação, ex. pantufa). Esta será uma palavra-passe fácil de descobrir especialmente se costuma partilhar o nome dos seus animais de estimação nas redes sociais. Se o utilizador em causa fizer mesmo questão de usar este nome, então deverá colocar pelo menos duas classes de caracteres e dificultar a vida aos utilizadores mal intencionados. Assim, ao invés de pantufa deverá utilizar PatUFA ou PanTuFa. Se puder adicionar números ou símbolos ainda melhor. A ideia será fugir o mais possível do obvio e deste modo estar mais protegido.

2. Utilize as primeiras letras de uma frase

Por vezes temos alguma dificuldade em lembrar-nos das palavras-passe que escolhemos especialmente porque não as anotamos, para o caso do nosso dispositivo portátil ou afins, cair nas mãos erradas. Para esses casos, um bom truque será usar a primeira letra das palavras que constituem uma frase. Poderá usar por exemplo a letra de uma música para o efeito.

Vamos usar para o exemplo a música Need you Now dos Lady Antebellum. As duas primeiras linhas da música dizem “Picture perfect memories, Scattered all around the floor”. Isto daria como palavra-passe PpmSaatf. Assim fica com uma palavra passe da qual não se vai esquecer e que é ao mesmo tempo difícil de descobrir.

3. Combinação de letras e números de forma inteligente

Uma combinação de letras e números pode resultar numa palavra-passe que embora eficaz, seja difícil de recordar. Para esse efeito existe um truque que o poderá ajudar.

Exemplo: Tem um Fiat Punto e gosta tanto do seu carro que o quer usar como palavra-passe: fiatpunto. Isto por si seria uma palavra passe insegura, mas pode não ser se usar o teclado do seu telemóvel para obter a segunda palavra no seu equivalente numérico. Ou seja escreveria Fiat e depois, usando o telemóvel para se guiar no processo, Punto corresponde numericamente a 78686. A password final seria algo como Fiat78686.

 4. Escolha palavras e assuntos dos quais fala pouco

Criarmos uma palavra-passe pode não ser propriamente fácil. Um troque será usar termos de que se lembre mas dos quais não fale muito. Utilize, por exemplo, dois objectos de uma imagem de que se lembra sempre, por exemplo, dois objectos de um quadro de que gosta muito, da capa de um livro, de uma fotografia.

5. Separe duas palavras por símbolos e números

Esta é outra dica que embora simples, pode aumentar largamente a complexidade da sua password. Assim ao invés de usar palavras simples e voltando ao exemplo do carro que demos em cima, opte por colocar !Fiat!Punto!06 (o ano em que adquiriu o carro, por exemplo).

6. Utilize palavras-passe diferentes para cada site

Embora na teoria seja simples, pode assumir-se como uma tarefa complexa, especialmente porque temos cada vez mais contas em vários sites. Porém, existe uma forma relativamente simples de utilizar uma palavra-passe de que se lembre sempre mas que seja diferente em cada site que visita.

Para ilustrar este exemplo vamos usar novamente o nome do animal de estimação. PanTuFa. Esta pode ser uma palavra passe mais segura por utilizar duas classes de caracteres, mas se a usar da mesma forma em todos os sites que visita, poderá trazer-lhe problemas, dado que assim que descobrirem a password de uma conta, acedem a todas as outras.  Um truque pode ser adicionar caracteres à password que estejam relacionados com o site que esta a visitar. Vamos usar para o exemplo o Facebook e o Twitter. Se pretende usar a palavra PanTuFa poderá adicionar no final caracteres alusivos a cada site, especialmente usar o método de conversão para números. Imaginamos PanTuFafacebook ou PanTuFatwitter. Se converter as palavras Facebook ou Twitter para o seu correspondente numérico como fizemos mais acima, terá uma palavra-passe mais segura. Assim ficaria PanTuFa32232665 para o caso do Facebook e PanTuFa8948837 no caso do Twitter.

Não existem palavras-passe infalíveis nem invioláveis, mas seguindo estas dicas poderá certamente obter uma palavra-passe mais segura e da qual se irá recordar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*