O Evernote e o Linkedin passaram a utilizar um sistema de autenticação de dois factores nos últimos dias – pouco depois do Twitter ter seguido o mesmo caminho.

Lembramos que tanto o Evernote, como o Twitter, foram vítimas de ataques no ano passado e nem o LinkedIn escapou ao cibercrime no Verão de 2012. No caso do Evernote, 50 milhões de utilizadores tiveram necessidade de alterar as suas credenciais, depois de um grupo de cibercriminosos ter deitado a mão a nomes de utilizador, endereços de e-mail e passwords encriptadas.

password_login_computer_online_internet-623x432

“A maioria das contas comprometidas são utilizadas ilegitimamente através de um novo computador ou dispositivo. A verificação de dois passos contribui para a resolução deste problema, uma vez que o utilizador tem necessidade de introduzir um código numérico quando se liga a partir de um dispositivo não reconhecido. O código é enviado para o dispositivo móvel, através de uma SMS. Deste modo, mesmo que um utilizador mal intencionado tenha acesso aos dados de uma conta, não irá conseguir aceder à mesma a partir de outro computador ou smartphone.”, afirma a LinkedIn no seu blog.

Também as novidades alusivas ao Evernote foram anunciadas no blog oficial. Para além de uma autenticação de dois factores (utilizando mensagens de texto SMS ou uma aplicação dedicada) o site disponibiliza acesso ao histórico e a um novo painel de controlo de dispositivos autorizados. No blog do Evernote pode ler-se que “a autenticação de dois passos, foi desenvolvida pra manter a sua conta segura, mesmo que alguém se apodere da sua palavra-passe. O que torna o sistema muito seguro é a utilização de um código de verificação de seis dígitos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*