Os cibercriminosos vão utilizar diversas vulnerabilidades “zero-day” para atacarem os computadores com Windows XP, assim que a Microsoft deixar de lançar actualizações de segurança para este sistema operativo, ou seja, a partir do dia 8 de Abril de 2014.

De acordo com Jason Fossen, da empresa SANS, os cibercriminosos vão aproveitar-se destas vulnerabilidades para conseguirem fazer muito dinheiro com os seus exploits.

Neste momento, as vulnerabilidades que vão sendo descobertas, são fechadas prontamente pela Microsoft. Porém, a partir de Abril tudo será diferente. Importa salientar que nesta altura é provável que ainda um terço das empresas tenham computadores com o Windows XP.

Um estudo desenvolvido recentemente pela empresa britânica, Camwood, concluiu que apenas 42% das empresas que têm computadores com o sistema operativo Windows XP iniciaram o processo de migração. Importa ainda destacar que uma em cada 5 pessoas ligadas a departamentos de TI pretendem continuar a utilizar o XP, apesar dos riscos inerentes.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*