O exploit “Zero-day” que afecta o Internet Explorer e que foi divulgado pela Microsoft no dia 26 de Abril, representa um risco, uma vez que pode ser usado para dar privilégios a um utilizador mal intencionado que pretenda executar código no computador afectado. Isto significa que poderão passar a controlar o computador e utilizá-lo para os fins que desejarem.

Como pode proteger o seu sistema enquanto não é lançada uma correcção?

Utilizadores do Windows XP

Se está a usar o Windows XP, o problema é um pouco mais grave uma vez que esta falha não será corrigida pela Microsoft. Por esse motivo, recomendamos que faça a actualização para um sistema operativo mais recente.

Utilizadores do Windows Vista, 7, Windows 8, Windows 8.1

A Microsoft irá lançar uma actualização para corrigir esse exploit assim que a mesma estiver concluída. Se utiliza o Microsoft Internet Explorer, a ESET recomenda que utilize um browser diferente até que a correcção esteja pronta.

Se não quer utilizar outro browser então pode fazer algumas alterações nas definições do Internet Explorer para minimizar os riscos de ataque ao seu sistema.

NOTA: Sistemas que utilizam configurações avançadas, como o Windows Server 2003, Windows Server 2008 / 2008 R2 and Windows Server 2012 / 2012 R2 estão protegidos contra o exploit caso os sites maliciosos não sejam introduzidos na lista de zonas de confiança.

1. Clique na roda dentada no canto superior direito do seu browser e seleccione “Opções da Internet”.

01

2. Na janela que abrir clique no separador Segurança.

02

3. No nível de segurança para esta zona defina o valor para alto e posteriormente clique em Personalizar Nível.

03

4. Em efectuar script de controlos ActiveX assinados… e em Executar controlos e extensões ActiveX seleccione a opção Pedir.

04

A ESET protege-me desta falha?

O software ESET não pode reparar de forma activa uma falha existente no sistema operativo ou aplicações de terceiros, pelo que estará vulnerável caso continue a usa uma versão não corrigida do Internet Explorer. Porém, algumas das funcionalidades incluídas nos produtos ESET, como a Firewall Pessoal e as Ferramentas de Controlo de Acesso à Internet podem prevenir o acesso a sites maliciosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*