Depois de diversas notícias que têm surgido um pouco por todo o mundo acerca do Heartbleed, eis que se descobriu que esta falha pode afectar eventualmente milhões de dispositivos Android.

Mais especificamente, a Google revelou que na mira estão os dispositivos que correm a versão 4.1.1 deste sistema operativo.

Enquanto que a grande maioria das versões são imunes ao CVE-2014-0160, a versão 4.1.1 não. Isto significa que 34% dos utilizadores do sistema operativo Android podem estar em perigo, uma percentagem que se traduz em milhões de dispositivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*