Milhares de endereços de email e palavras-passe encriptadas ficaram expostas durante quase um mês – deixando 78 mil programadores de aplicações Mozilla vulneráveis a cibercriminosos. Ainda não é claro se a vulnerabilidade foi explorada, ou se se trata de uma violação de dados.

Os endereços de e-mail, para além de 4.000 palavras-passe encriptadas foram deixadas num servidor à disposição do público durante 30 dias, desde 23 de Junho, levando a preocupações acerca de uma potencial violação de dados, de acordo com o site Ars Technica.

Numa mensagem no blog oficial da Mozillla, Stormy Peters, Director de Relações Públicas com os Programadores, afirmou que “embora ainda não tenhamos sido capazes de detectar actividades maliciosas no servidor, não podemos ter certeza de que não tenha havido qualquer sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*