Quando o computador fica muito lento, as pessoas consideram que tudo se deve a uma infecção, sendo que devido à presença de tanto malware, o PC começa a revelar elevados problemas no desempenho. Porém – muitas vezes – essas considerações estão erradas.

O malware moderno é na grande maioria dos casos desenvolvido para ser furtivo – os criminosos querem que ele fique no computador o maior tempo possível – por isso é quase imperceptível para o utilizador.

Uma pesquisa recente realizada pela Sandisk descobriu que os utilizadores de computadores perdem em média 5,5 dias por ano à espera que o seu PC inicie – e isto é apenas a média.

Usando um bom software antivírus pode garantir que a sua máquina não está a ser “drenada” por uma surpresa desagradável escondida, como um cavalo de Tróia, porém existem outras dicas que poderão ajudá-lo e de forma segura acelerarem o seu computador.

Confie na sabedoria dos antigos

Os PCs de hoje podem ser máquinas de entretenimento que nos permitem visualizar filmes, músicas e armazenarem fotografias – porém uma dica muito antiga continua a ser válida. A poeira é a inimiga dos computadores. O Ar comprimido é o inimigo da poeira. Compre uma lata de ar comprimido e limpe o seu computador. Uma boa manutenção irá contribuir para o arrefecimento dos computadores e processador, conduzindo a um possível aumento de velocidade.

Efectue Diagnósticos

O Windows Experience é gratuito e vem incluído no próprio Windows. Embora não seja perfeito, pode fornecer algumas dicas acerca do que está a atrasar a sua máquina. Para aceder ao mesmo utilize o botão direito do rato em Computador e posteriormente escolha Desempenho. Cada componente – RAM, processador, etc – são classificados numa escala de 1,0 a 7,9, o que pode ajudar a identificar o problema. Qualquer aspecto abaixo de 6 não é uma boa notícia.

Actualize tudo

Enquanto a maioria das razões para manter tudo actualizado, estão relacionadas com a segurança, já que os os cibercriminosos podem muitas vezes explorar as fraquezas em versões mais antigas de programas como Java, a actualização para novas versões poderá contribuir para um melhor desempenho do computador. Por exemplo, recentemente a Microsoft lançou uma actualização para o Windows 8.1 que resolve falhas reportadas com o rato em alguns jogos e promete um melhor desempenho a nível de jogos. Mais informações podem ser encontradas em http://support.microsoft.com/kb/2908279

Remova os programas que não usa

Se já teve problemas com o seu computador, é provável que tenha instalado algumas aplicações para ajudá-lo. Ironicamente, estes programas podem em certos casos atrasar o funcionamento do seu computador. Utilizando o adicionar/remover programas, verifique tudo o que tem instalado no seu computador. Se detectar aplicações ou jogos que já não utiliza, elimine-os. Para além de poupar espaço em disco, estará também a libertar o registo do seu computador.

Limpe o seu disco rígido

Um dos grandes mistérios da vida passa pela constatação que os discos rígidos parecem encher-se do ar, sendo que a cada dia o espaço livre é cada vez menor. O sistema de limpeza de disco do Windows pode dar uma ajuda a libertar espaço, apagando ficheiros temporários, cache e removendo actualizações antigas. Em seguida, poderá usar a ferramenta de desfragmentação do Windows para optimizar o funcionamento do disco.

Atenção ao arranque

A pior espera que pode haver quando necessitamos de usar o computador com urgência é o processo de arranque. Em muitos casos, esta espera deve-se essencialmente a programas que estão configurados para serem executados no arranque e que fazem com que tudo fique parado até que os mesmos iniciem. Será uma boa ideia verificar que programas estão a ser abertos logo que liga o computador e caso não necessite deles, tire o visto da opção executar no arranque.

Veja se o seu computador tem um comportamento estranho

Se o seu computador tiver um comportamento estranho a primeira coisa que deverá fazer é verificar todo o sistema em busca de vírus ou outras ameaças – poderá usar por exemplo o Scanner Online da ESET http://www.eset.com/us/online-scanner/. Pelo facto de algumas ameaças serem mais difíceis de detectar recomendamos também que tenha uma solução de segurança completa instalada no seu computador.

A melhor opção

Se está sentado em frente a um computador com um disco rígido de 300GB completamente cheio e não sabe porquê, então aplicações como o PC Decrapifier poderão ajudá-lo. Porém o melhor mesmo será reinstalar o sistema operativo e migrar para uma versão mais recente. O Windows 8, por exemplo, embora possa levar algum tempo até os utilizadores se habituarem, é normalmente mais rápido do que o Windows 7, mesmo em computadores mais antigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*