Os pagamentos móveis podem ser uma das tecnologias que vai marcar 2015, sendo que o sistema proprietário da Apple, poderá contribuir em larga escala para esta massificação.

Mas o que é o Apple Pay? O que é que esta nova tecnologia significa para o seu dinheiro – e para a sua segurança?

Apple Pay – o que necessita

Ao nível de hardware, necessita de uma versão recente do iPhone ou iPad – ou seja, terá de possuir um iPhone 6, iPhone 6 Plus, ou um dos novos iPads. Também necessita de um cartão bancário válido (crédito ou débito) registado num banco americano que trabalhe com a Apple Pay.

Apple iPhone 6 Launch, London, Britain - 19 Sep 2014

Importa salientar que o Apple Pay utiliza a aplicação Passbook, que vem pré-instalada em todos os iPhones e iPads compatíveis.

Onde ficam armazenados os dados

Ao contrário dos sistemas rivais, como o Google Wallet, o Apple Pay não armazena informações do cartão ou do telefone, nos servidores da Apple (O Google Wallet armazena detalhes nos servidores do Google).

A chave para isso é a “tokenização”, que substitui elementos chave (de cartão de crédito ou números dos cartões de débito, neste caso) por diferentes dados gerados pelo banco. Isto permite que a Apple trabalhe de forma integrada com os sistemas de pagamento existentes, sem comprometer dados privados.

Como funciona a adição de novos cartões

Para adicionar um cartão ao Apple Pay, pode digitalizá-lo através da câmara do iPhone 6 ou introduzir o número do mesmo.

Importa salientar que se utilizar a câmara, a imagem não é guardada na aplicação da câmara ou na biblioteca de fotos do seu telefone, sendo enviada de forma encriptada.

O número do cartão da sua instituição bancária nunca é armazenados no seu telefone, ou nos servidores da Apple. Ao invés disso, o banco gera um número de conta para o dispositivo, que é armazenado com segurança no seu iPhone ou iPad – num chip separado do sistema operativo. Os conteúdos dos elementos de segurança nunca são copiados para a iCloud ou para qualquer outro lugar.

Quando adiciona um cartão, o banco solicita que faça uma verificação utilizando um sistema de autenticação de dois factores, que varia de acordo com o banco e tipo de cartão.

Posso ser vítima de uma fuga de dados?

O Apple Pay foi desenvolvido com uma série de sistemas de segurança para evitar que os dados caiam numa eventual fuga de dados – ou para evitar a utilização se determinais modificais em lojas que possam tentar apoderar-se das credenciais de pagamento dos utilizadores.

Para ativar o Apple Pay na loja, terá de colocar o dispositivo a poucos centímetros de um terminal e depois selecionar manualmente um cartão e activar o pagamento utilizando o código PIN ou o Touch ID. O sistema não pode fazer pagamentos sem este elemento manual.

Quando paga através do Apple Pay numa loja, não disponibiliza o seu número de cartão de crédito ou de débito. Ao invés disso, transmite o Número de Conta associado ao dispositivo e gerado pelo seu banco. Como o número está associado a um dispositivo em particular e a um cartão específico, não pode ser removido do seu smartphone ou tablet e utilizado por outra pessoa.

Pagamento em aplicações

O Apple Pay não está fechado ao próprio ecossistema comercial da Apple no iPhone – pode também fazer pagamentos dentro de aplicações de outras empresas de e-commerce. Starbucks, Stubhub, Ticketmaster e a Disney são algumas das empresas que já se inscreveram para utilizarem o Apple Pay.

applepaypaywithinapps

Tal como acontece com o pagamentos lojas, existem camadas extra de protecção para se protegerem os dados do cartão quando se faz compras – o dispositivo transmite o Número de Conta dos dispositivos, em vez do seu número de cartão.

As informações das transacções ficam registadas?

A Apple já afirmou que a privacidade é primordial no Apple Pay – e por esse facto, o sistema não armazena informações acerca de compras para fins publicitários, quer seja anonimamente ou não.

Os lucros para a Apple chegam através da taxa cobrada aos parceiros que participam neste sistema de pagamento, ao invés de se ganhar dinheiro com dados obtidos dos clientes.

O Apple Pay vai funcionar no Apple Watch?

Sim, o sistema de pagamento da Apple vai funcionar no Apple Watch e de uma forma muito simples, segundo o fabricante. Porém até à data, mais detalhes são desconhecidos.

Apple Watch at Colette store, Paris, France - 30 Sep 2014

Com que bancos funciona o Apple Pay?

Por enquanto, o Apple Pay funciona apenas com alguns bancos americanos e com alguns cartões de débito e crédito específicos.

Eis alguns deles:

American Express
Bank Of America
Capital One
Chase
Citi
Wells Fargo
Barclays
Navy Federal Credit Union
PNC
USAA
US Bank

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*