Os jogadores tornaram-se num dos principais alvos dos cibercriminosos que tentam deitar a mão a contas cheias de detalhes alusivos a cartões de crédito e outras informações. Com os jogos a dependerem cada vez mais do mundo online, os esquemas maliciosos estão a multiplicar-se levando pessoas a abrirem ficheiros maliciosos que se fazem passar por screensavers que por vezes podem surgir no Steam marketplace, até à venda de “cheats” infectadas com malware.

Os fóruns – onde muitos jogadores trocam opiniões – podem estar cheios de conselhos poucos amigos dos jogadores e ligações para ameaças que poderão infectar o computador.

Mas os bons jogadores não entram em pânico – mesmo quando as probabilidades estão contra eles. Alguns passos preventivos vão ajudá-lo a jogar com toda a segurança evitando as ameaças que poderão surgir.

Se joga no computador proteja o seu browser

Muitos dos golpes dirigidos aos jogadores utilizam “pessoas” que oferecem itens nos chats – tanto no jogo como em serviços como o Steam – e que têm como objectivo orientarem os jogadores para sites fraudulentos.

Verifique se o seu browser tem os avisos de phishing activados e garanta que o antivírus do seu PC está actualizado. Pense sempre antes de introduzir os seus dados de login. Estes dados são valiosos para os cibercriminosos.

Trate do seu computador

Se é um jogador de longa data provavelmente já tem contas muitos antigas nos jogos online. Certifique-se que tira partido das medidas de segurança mais recentes tais como autenticação de dois factores, disponível em alguns jogos online.

Não troque códigos de jogo em sites de leilões

O melhor local para obter códigos é na própria empresa que faz os jogos – e ponto final. Se negociar a compra ou venda de códigos do jogo através de fóruns, ou mesmo sites de leilões, poderá ter problemas.

Existem inúmeros golpes – quando está a comprar ou a vender. Se comprar, o eBay adverte que é provável que obtenha códigos falsos – se vender, os scammers irão alegar que o seu código é falso, e em seguida, pedem um reembolso, fazendo-o desembolsar dinheiro.

Se competir num evento público, tenha cuidado

As competições públicas estão cada vez mais na moda, mas tenha cuidado. Se for a um evento de jogos troque a sua palavra-passe habitual por uma temporária até voltar para casa. Isto vai protegê-lo das tentativas de intercepção dos seus dados por parte dos cibercriminosos – veja também se não tem ninguém sempre a olhar por cima do seu ombro.

Não escolha um nome de utilizador que revele informações sobre si

Isto é especialmente crucial para crianças – uma vez que um nome que, por exemplo, revele que alguém é novo pode atrair atenções indesejadas. A melhor opção passa sempre por escolher uma tag, um nome de jogo ou um alias num fórum que não revele quaisquer informações – as contas de jogo são de alto valor para os cibercriminosos e se eles conseguirem obter mais informações através da google assim que lhes der o seu nome, pode ficar com a sua conta em risco.

Não adicione amigos desconhecidos no Facebook para obter extras para os jogos

Se foi levado a jogar um jogo no Facebook onde necessita de convidar amigos para obter extras, não adicione novas pessoas apenas para ter mais ajuda. Os sites de jogos estão cheios de pessoas que se oferecem para fazer amizade com esse fim. Pode ganhar experiência de jogo, mas em contrapartida está a popular o seu Facebook com diversas pessoas que não conhece. Isto significa que todas as informações que estiverem no seu Facebook restringidas apenas para amigos, estarão acessíveis para este novo público. Tenha em atenção que algumas das suas novas amizades poderá ser um cibercriminoso em busca de informações confidenciais.

Não escolha uma palavra-passe pouco eficaz

Todas as suas palavras-passe necessitam de ser fortes – quer use serviços como o Steam ou para jogos individuais. E se existir um sistema de autenticação de dois factores – deverá sempre utilizá-lo.

Os cheats e as modificações são perigosas

O mundo dos jogos pode parecer louco para um estranho – Por que é que alguém iria arriscar uma proibição vitalícia num jogo só para obter um bónus de 10% nos seus atributos?

Mas as fraudes não colocam apenas a sua conta em risco – colocam em risco o seu computador. Até 90% dos “cracks” estão infectados com algum tipo de malware ou adware – basicamente, chamam-se ‘hacks’ por alguma razão.

Atenção aos Mods

Instalar mods pode ser perigoso – mesmo se usar lojas com muita reputação como a Curse (que tem sido alvo de ataques no passado). Verifique sempre os comentários, os endereços e se possível tenha um bom antivírus instalado no computador.

Nunca instale um mod porque alguém lhe disse que era necessário para jogar – é um esquema clássico.

Não desactive funcionalidades de segurança por um pouco mais de velocidade

O 1% de velocidade que pode ganhar não vale os conteúdos da sua conta bancária – não desligue a protecção que a sua solução antivírus lhe dá para tentar obter mais velocidade por parte do processador e placa gráfica.

Num estudo comparticipado pela ESET em Inglaterra, mais de 30% dos jogadores afirmaram já terem desactivado o antivirus antes de jogarem online. Como resultado disto, mais de dois terços dos jogadores inquiridos sofreram uma infecção de malware que levou até dois dias a ser ultrapassada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*