Google bloqueia mais de 780 milhões de “maus” anúncios em 2015

0
167

A Google proibiu mais de 780 milhões de ‘maus’ anúncios só em 2015, pelo facto de terem violado as politicas desta empresa.

Num post colocado no seu blog oficial, intitulado “Como nós lutámos contra maus anúncios em 2015”, Sridhar Ramaswamy, vice-presidente sénior da unidade de publicidade e comércio, afirmou que os denominados anúncios ‘maus’ são um problema levado muito a sério.

No lote deste anúncios incluem-se aqueles que promovem produtos falsificados, distribuem malware ou promovem conteúdos inapropriados.

Os anúncios que não são por si maliciosos, mas que têm um objetivo criminoso, são também incluídos nesta categoria, nomeadamente os que levam os utilizadores aos sites de phishing e que tentam à posteriori apoderarem-se das credenciais.

Para a Google tudo é tido em conta, inclusivamente anúncios de perda de peso sem dieta ou exercício e que contêm alegações enganosas.

A Google bloqueou recentemente 7000 sites de phishing, mais de 10000 que vendiam produtos contrafeitos e 12.5 milhões de anúncios que violavam leis médicas e de saúde.

Sridhar Ramaswamy considera que para alem dos esforços da Google, os utilizadores também se podem proteger. Ao verem um anuncio que não interessa, os utilizadores poderão carregar no botão x que surge por cima do mesmo, e escolherem a opção Parar de ver este anuncio.

Para 2016, a Google pretende manter e até reforçar largamente esta estratégia, bloqueando tudo aquilo que possa causar danos aos seus utilizadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*