UNICEF usa moeda virtual para angariação de fundos

0
136

Este ano, a UNICEF decidiu angariar fundos para causas humanitárias através de duas campanhas nas quais não pede doações monetárias directamente, mas através de recursos de processadores para minar criptomoedas.

Intitulada “Game Chaingers“, a primeira campanha foi lançada em Fevereiro e durou até 31 de Março. Foi uma iniciativa da UNICEF França, e teve como objectivo angariar fundos para crianças na Síria que foram severamente afectadas pela crise humanitária e pela guerra. A segunda campanha, lançada pela UNICEF Austrália a 29 de Abril, ainda está activa e pretende ajudar cerca de 340 mil crianças oriundas de Mianmar, actualmente refugiadas no Bangladesh, através da criptomoeda Monero.

O processo passa por aceder ao site da campanha, The Hope Page, e “doar” poder de processamento suficiente para gerar a moeda virtual, assim ajudando as crianças; quanto mais tempo a janela do site estiver activa, mais Monero será gerado através do poder do processador e doado automaticamente à UNICEF Austrália, que depois converterá a criptomoeda em fundos para adquirir e fornecer água potável, alimentos e vacinas.

A campanha deixa claro que “os cálculos são executados de uma forma segura” no navegador, e que não é necessário instalar nada. Os participantes também podem ajustar o poder de processamento que querem doar, entre 20 a 80%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*