2,6 mil milhões de dados comprometidos durante o primeiro semestre de 2018

0
264

Durante o primeiro semestre de 2018, foram registadas e tornadas públicas mais de duas mil falhas na segurança de dados, das quais resultaram na exposição de aproximadamente 2,6 mil milhões de registos de utilizador, de acordo com um relatório da RiskBased Security.

Como pode ser lido na WeLiveSecurity, o relatório, intitulado “Mid-Year 2018 Data Breach QuickView“, indica 2.308 falhas, o que representa uma queda de 2.439 falhas e 6 mil milhões de dados comprometidos em comparação com o primeiro semestre de 2017.

“Depois do que aconteceu em 2017, ficámos habituados a ver muitos problemas de segurança, que comprometeram quantidades extraordinárias de informação. 2018 é notável em que o número de falhas divulgadas pareceu diminuir enquanto o número de dados expostos teima em ser considerável,” afirmou a propósito Inga Goddijn, Vice-Presidente Executiva da empresa, que acredita que apesar de ser em menor número, o total de falhas de segurança não se traduz em optimismo. “Não é fácil caracterizar 2,6 mil milões de dados expostos como uma melhoria”, comentou Goddijn.

Em termos de sectores, o sector empresarial foi o mais afectado com 40% do total de falhas tornadas públicas, seguido pelo sector da saúde (8,3%), governamental (8,2%) e da educação (4,5%). No entanto, uma grande porção (cerca de 40%) das organizações e empresas afectadas não foi classificada.

Quanto ao tipo de falhas, o maior número de ocorrências registadas é de fraudes (47,5%), enquanto o “hacking” foi o responsável pela maior parte dos incidentes (56,4%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*