British Airways promete compensar clientes após roubo de dados

0
180

10O diretor executivo da British Airways, Álex Cruz, prometeu compensar os clientes cujos dados foram roubados, no que é descrito pelo próprio como “uma violação sofisticada dos sistemas de segurança da empresa”.

O The Guardian relata que a companhia aérea foi alvo de um ciberataque, o qual comprometeu os dados de 38 mil cartões de pagamento. Cruz pediu desculpa oficialmente, indicando também que o roubo de dados ocorreu no site e na app da empresa durante um período de duas semanas, e que os clientes afetados serão compensados.

“A primeira coisa a dizer é que lamento profundamente o que aconteceu,” afirmou a propósito Cruz no programa de rádio BBC Radio 4 Today. “Vamos trabalhar lado a lado com qualquer cliente que tenha sido afetado e iremos compensar qualquer problema financeiro resultante do ataque.”

“Os dados roubados não incluem detalhes de viagens ou de passaportes. Entre 21 de agosto e 5 de setembro inclusive, os dados pessoais e financeiros de clientes que agendaram viagens no ba.com e na app da companhia foram comprometidos. Esta violação já foi resolvida e o site está a funcionar normalmente,” foi afirmado num comunicado oficial.

O roubo, um dos mais graves a lesionar uma empresa no Reino Unido, é outro golpe contra a reputação da British Airways: em maio do ano passado, a empresa sofreu um desastre de IT quando uma falha de energia no seu centro de controlo perto de Heathrow causou uma interrupção global de vôos e deixou milhares de passageiros presos em vários aeroportos. Outras falhas resultaram no cancelamento de vôos de longa duração durante julho deste ano.

A empresa arrisca-se a sofrer multas por negligência devido às novas leis de proteção de dados, que podem ir até a um máximo de 4% das receitas globais de uma empresa (500 milhões de libras, no caso da BA) em casos de violações de dados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*