Nova campanha de phishing tem como alvo o mercado livreiro

Várias editoras de livros e uma agência internacional de recrutamento na área da literatura lançaram o alerta aos seus funcionários sobre uma corrente de emails phishing que procuram obter informação sensível de autores e editores, incluindo manuscritos, avança o Bookseller (via WeLiveSecurity).

A Penguin Random House (PRH) North America, por exemplo, emitiu um comunicado urgente aos funcionários na passada quarta-feira, coincidindo com o início da feira Frankfurt Book Fair.

“Estamos a assistir a um aumento nas tentativas de furto dos nossos manuscritos. Isto ocorreu em múltiplos locais no mundo. Os indivíduos que estão a tentar aceder aos manuscritos possuem um conhecimento sofisticado do nosso negócio. Precisamos de nos proteger destas ameaças,” refere o email da PRH, com assunto “Importante: Novo Alerta de Phishing”.

A editora apelou à atenção dos seus funcionários para informação como manuscritos, números de identidade, palavras-passe, números de segurança social, números de cartão de crédito, números de contas bancárias, informação fiscal e/ou transferências bancárias.

Pelo que foi possível apurar, os scammers fazem-se passar por agentes literários e funcionários estrangeiros e enviam os seus emails a partir de contas falsificadas. Criar uma conta de envio para que a mensagem pareça originar de uma fonte de confiança é um velho truque aplicado ao phishing.

Pelo menos dois outros grandes nomes da indústria estão a ser alvo da mesma campanha, incluindo a Pan Macmillan.

Como evitar ser levado a fornecer os seus dados pessoais a phishers? Ler nas entrelinhas é, habitualmente, a melhor defesa. Consulte este artigo do WeLiveSecurity para cinco formas simples para se proteger destes ataques.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

one × 1 =

*