ESET estabelece parceria com a Chronicle

A ESET, líder global em cibersegurança, anunciou uma parceria com a Chronicle, uma empresa pertencente à Alphabet que vai garantir a validação essencial de incidentes de segurança e alertas no Backstory, um serviço global na cloud para onde as empresas podem carregar, armazenar e analisar de forma privada dados internos de telemetria de forma a detetarem e analisarem potenciais ataques. A parceria da ESET com a Backstory vai garantir aos clientes um serviço de inteligência mais abrangente que contribui para uma maior proteção contra ameaças avançadas e persistentes.E

Com mais de 30 anos de inovação em segurança informática, a ESET protege mais de 110 milhões de utilizadores em 200 países e territórios em todo o mundo. Quase 40% dos funcionários da ESET trabalham em investigação e desenvolvimento, mantendo os clientes e o mundo em geral a salvo das mais recentes e avançadas ciberameaças. Os dados provenientes dos sistemas de inteligência da ESET bloqueiam ataques direcionados, protegem contra phishing, bloqueiam botnets e detectam ameaças persistentes avançadas.

“A nossa parceria com a Chronicle conduz a uma resolução mais simples, rápida e simplificada das ameaças informáticas avançadas e persistentes”, afirmou Tony Anscombe, evangelista global de segurança e embaixador do setor. “Juntos, os clientes poderão entender rapidamente os incidentes com maior detalhe, tomar as medidas apropriadas e ficar um passo à frente dos criminosos. Isso realmente vai tornar o mundo num lugar mais seguro ”, acrescentou Anscombe.

“Estamos entusiasmados por incluir a ESET a bordo como um Parceiro de Inteligência”, afirmou Ansh Patnaik, diretor de produtos da Chronicle. “Sendo uma plataforma global desenvolvida para analisar a telemetria de segurança empresarial, o Backstory oferece mais valor aos clientes quando está integrado com outras tecnologias importantes nas redes dos clientes. Acreditamos que a nossa colaboração com a ESET oferece aos clientes uma visão mais ampla e necessárias das ameaças nas suas redes. ”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*