Garanta a segurança das suas crianças on-line

0
195

Este sábado, 1 de junho, é o Dia Internacional da Criança e consideramos ser uma oportunidade excelente para refletir sobre os perigos crescentes que as crianças enfrentam on-line. Com a tecnologia a evoluir com novas plataformas digitais, o risco potencial também é maior

É da maior importância que os pais se lembrem de que, quando uma criança navega na Internet, ela tem contacto com toda uma série de conteúdos impróprios à sua idade, sem que para tal necessitem sair da sua casa, ou seja, do seu ambiente, à partida seguro. Os pais têm de estabelecer regras e diretrizes e, felizmente, existe software de segurança que pode ajudá-los a fazer isso, mas, por sua vez, também a sociedade deveria ajudar os pais a lidar com esta questão complexa.

Os riscos potenciais são generalizados e continuam a crescer. Não sendo um exclusivo das salas de chat on-line, o cyberbullying, por exemplo, pode assumir várias formas e engloba diferentes tipos de abuso on-line, e qualquer pessoa que se ligue à mesma rede da criança (rede social) está apta para assediar, perseguir ou abusar da criança, se essa for a intenção. Outras questões incluem os possíveis perigos resultantes do excesso de informação pessoal partilhada on-line, bem como os riscos inerentes ao facto das crianças se tornarem dependentes da Internet. Um relatório de 2018 da Ofcom, o regulador de comunicações do Reino Unido, revelou que um quarto dos pais assumiu preocupação com a possibilidade dos seus filhos divulgarem detalhes às pessoas erradas on-line, o que significa que os pais também precisam de aprender a lidar com as preocupações relacionadas com a Internet e a existência de “estranhos perigosos”.

Os governos, as empresas e a sociedade em geral têm a responsabilidade de consciencializar os pais sobre a necessidade de conhecer e controlar o que as suas crianças fazem on-line e quais os perigos disso mesmo. E é por esse motivo que, num futuro próximo, a ESET vai lançar um novo site dedicado à segurança das crianças on-line. Incluirá uma série de tópicos para os pais, bem como para os seus filhos e professores, conselhos de especialistas e conteúdo sobre como abordar a Internet em segurança.

Também o ESET Parental Control permite um maior controlo por parte dos pais, que podem assim evitar que as suas crianças tenham acesso a conteúdo web, e a gerir o tempo que as crianças passam em determinados dispositivos, bem como a adequação das aplicações que estão a utilizar. Isto significa que os pais podem limitar o uso/ acesso de determinados sites por parte dos seus filhos e receber relatórios sobre as suas atividades on-line. Assim, é possível tomar conhecimento de quaisquer problemas resultantes de atividades on-line antes que seja tarde demais.


No entanto, a coisa mais importante que os pais podem fazer é trabalhar com seus filhos no sentido de educá-los e informá-los sobre todo um mundo e os perigos que existem on-line, para que as crianças estejam em posição de aprender sobre como podem manter-se seguros on-line. O software da ESET defende e permite isso mesmo, garantindo que pais e filhos trabalhem juntos. Os pais podem enviar uma mensagem prioritária que os seus filhos devem reconhecer antes de continuar a utilizar o dispositivo, e os filhos também podem solicitar exceções para limites no tempo de uso definido pelos pais. Criando um lugar onde pais e filhos trabalham juntos, as crianças também podem envolver os pais no seu mundos on-line e conversar com eles sobre quaisquer preocupações.

Os recursos para ajudar os pais a educar os seus filhos sobre os possíveis perigos da Internet são infinitos, mas nada substitui um olhar vigilante e saudável sobre as atividades da Internet de uma criança. Assim, ao comemorarmos o Dia Internacional da Criança, é importante pensar em como podemos ajudar ainda mais os pais a fazerem o trabalho mais difícil de todos – manter as crianças seguras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*