Fuga de dados expõe números de telemóvel de utilizadores do Facebook

No início deste ano, o Facebook foi multado em 5 mil milhões de dólares pela Federal Trade Commission (FTC) por violar os termos de um decreto de consentimento assinado em 2011. Nesta altura, a empresa concordou em não utilizar o perfil de um utilizador sem o consentimento do mesmo. Entretanto, esse contrato foi violado em 2015-2016, quando as informações de 87 milhões de utilizadores foram vendidas à Cambridge Analytica sem permissão.

Fuga de dados expões números de telemóvel de utilizadores do Facebook

Aqui e ali foram surgindo mais alguns problemas com os dados dos utilizadores. Agora, tudo piorou devido a uma grande fuga de informação. De acordo com o site TechCrunch centenas de milhões de utilizadores do Facebook têm os seus números de telefone listados numa base de dados que foi deixada exposta. Dito isto, o servidor continha registos de 419 milhões de pessoas, incluindo 133 milhões de utilizadores do Facebook nos Estados Unidos, 18 milhões no Reino Unido e mais de 50 milhões residentes no Vietnam. Cada registo não só continha o número de telemóvel, mas também o id do Facebook.

A lista dos números de telefone em combinação com os IDs pode ser usada para identificar os nomes pertencentes aos números de telefone.

A base de dados não estava protegida por uma palavra-passe. Como não é difícil imaginar, os números podem ser usados para chamadas de spam.

Esta fuga de informação foi descoberta pela investigadora de segurança Sanyam Jain, que afirma que a base de dados inclui o número de telefone de várias celebridades.

Entretanto, um porta-voz do Facebook veio a público dizer que não há evidências que as contas do Facebook tenham sido comprometidas.

Mesmo que tenha sido uma fuga acidental de dados e mais um erro humano sem intenção maliciosa, revela mais um problema de segurança no Facebook.

Lembramos que em outubro do ano passado, 30 milhões de endereços de e-mail e números de telefone foram encontrados de forma acessível a outras pessoas.

Entretanto, em maio passado, dados contendo informações privadas de 49 milhões de utilizadores do Instagram foram expostos no Amazon Web Service. Qualquer pessoa que encontrasse a base de dados poderia ter acesso a ela. É que nem sequer estava protegida por palavra-passe. Os dados expostos incluem biografias, número de seguidores da conta, fotos do perfil, informações de localização (cidade e país), números de telefone e endereços de e-mail.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*