Livre-se dos seus dispositivos antigos com segurança

Há aspetos que deve ter em consideração no momento de deixar de lado aquele dispositivo que não usa mais.

A Black Friday, a Cyber ​​Monday e até o Natal já ficaram para trás. O que significa que alguns de nós tiveram a sorte de receber um novo computador, smartphone ou tablet. No entanto, surge uma questão á qual nem sempre é dada a devida atenção: o que fazer com os dispositivos antigos quando recebemos ou compramos um novo?

Apesar de haver quem mantém dispositivos antigos como backup, caso aconteça alguma “desgraça”, outros preferem espalhar a alegria do Natal e doar os seus dispositivos antigos ou vendê-los. Qualquer que seja a decisão em relação aos mesmos, há algumas coisas que deve fazer, do ponto de vista da segurança, antes de dizer “adeus” aos seus antigos dispositivos.

Conselhos gerais

A única prática que nunca deve esquecer é fazer backup de seus dados. Normalmente, no caso de um smartphone, é possível fazer um backup dos seus dados na cloud ou no computador. Caso escolha o computador, poderá usar uma combinação de cloud e unidade externa. O que seja mais conveniente, mas não se esqueça de fazer o backup para não perder nenhum dado confidencial que possa necessitar de futuro.

Computadores

A maioria dos utilizadores de computador pensa que, ao formatar o disco rígido, os seus dados serão apagados do disco, o que não é verdade. Os dados podem ainda ser recuperados, mesmo depois de formatados, embora a limpeza do disco do computador possa ser diferente, dependendo do sistema operativo usado.

Se possui um Mac, o processo é bastante simples e direto. Use a função Utilitário de Disco, que vem incluída, para limpar sua unidade – essa opção permite determinar como e quando pretende apagar os seus dados.

Caso utilize o Windows, não existe um utilitário para limpar o disco interno, mas há uma variedade de opções que pode usar – basta navegar na web para encontrar a ferramenta com a melhor “review” que atenda às suas necessidades, embora seja necessário ter em conta que as versões gratuitas de algumas ferramentas só podem funcionar com discos rígidos mecânicos.

Se tiver um SSD, é importante verificar o site do fabricante para saber qual o utilitário do disco. Caso queira ir mais além, existe a opção de destruir o disco. Se estiver decidido a isso e souber como funcionam as unidades, você mesmo pode destruir os componentes necessários.

A outra opção é procurar um serviço especializado que conte com máquinas, como trituradores, para se livrar dos discos. Entretanto, lembre-se de que nem todos os computadores possuem unidades facilmente removíveis. Os Mac, por exemplo, têm SSD soldados nas suas motherboards.

Smartphones

Os smartphones têm os seus próprios utilitários implementados no sistema para tornar o processo o mais ágil possível. Se a ideia for livrar-se do seu iPhone antigo, faça logoff de todos os seus serviços, como seja o iTunes, iCloud, App Store, etc. De seguida, vá às Configurações, e ao menu Redefinir e apague todo o conteúdo e configurações.

Se a sua ideia passa por entregar o seu dispositivo Android a outra pessoa, o processo pode variar um pouco de um fabricante para outro, mas o procedimento deve ser mais ou menos parecido. Comece por remover as medidas de segurança (como o ecrã de bloqueio) e continue com a exclusão das contas nas quais está ligado. Para fazer um esforço extra, encripte os dados no seu telefone e depois execute a opção que permite repor os dados de fábrica no telefone. Se estiver a usar um cartão SD, não se esqueça de o retirar do equipamento.

Reciclar

Seja responsável com o meio ambiente. Se vai deixar de usar o seu dispositivo, não o deite no lixo. Existem locais onde pode entregar os seus dispositivos eletrónicos usados para que​​possam ser reciclados. Não os seus dados, mas os dispositivos possuem recursos valiosos que podem ser usados ​​na fabricação de outros dispositivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*