ESET designada “Top Player” no Market Quadrant da Radicati para proteção APT

A ESET foi reconhecida como “Top Player” no relatório 2020 Market Quadrant APT Protection da consultora Radicati, o qual cobre o segmento de proteção APT (Advanced Persistent Threat) do mercado da segurança.

Trata-se da primeira vez que a ESET foi incluída neste relatório específico da Radicati, após ter surgido também como “Top Player” nos relatórios anteriores da empresa, focados sobre segurança de “endpoints”. O relatório examinou doze das principais empresas de soluções de cibersegurança no mercado, mas só a ESET e três outras atingiram o estatuto de “Top Player”.

A inclusão da ESET neste Market Quadrant consolida-a como um dos mais importantes nomes no mercado da cibersegurança. Especialmente nestes tempos difíceis, as capacidades de deteção e resposta são absolutamente cruciais para assegurar a continuidade do negócio.

O Radicati Market Quadrant é uma métrica usada para desenhar a imagem completa de uma área específica do mercado da tecnologia. Esta edição passou em revista o subsetor designado por “Proteção ATP”, ou seja, “Advanced Persistent Threat Protection”, que consiste num conjunto de soluções integradas para deteção, prevenção e possível remediação de ameaças “zero-day” [ameaças completamente novas e desconhecidas] e ataques maliciosos persistentes.

O Enterprise Inspector, a ferramenta EDR [Endpoint Detection and Response] desenvolvida internamente pela ESET, a par do ESET Dynamic Threat Defense, a solução de “cloud sandboxing” gerida da ESET contra ameaças “zero-day” foram avaliadas no contexto desta pesquisa.

A Radicati posiciona as empresas num quadrante de acordo com dois critérios: funcionalidade e visão estratégica. A funcionalidade refere-se ao número e capacidade das funcionalidades oferecidas pela solução de cada empresa; já a visão estratégica avalia a compreensão por parte de cada uma das empresas das necessidades dos seus clientes, capacidade para oferecer uma solução através de modelos de canal e preços atrativos, suporte ao cliente e inovação.

Algumas das principais funcionalidades e capacidades consideradas no relatório incluem opções de implementação, suporte de plataformas, deteção de malware, “sandboxing” & “quarantining”, análise forense de ameaças “zero day” e avançadas, capacidades de remediação bem como deteção e resposta de “endpoints” (EDR).

Ao examinar o completo portefólio de produtos da ESET, o relatório elogiou as soluções da ESET pelas suas fortes capacidades EDR e de geração de relatórios em tempo real, consola de gestão e soluções “on premise”, bem como sistemas de suporte multi-idioma.

O relatório sublinhou ainda o facto da ESET ser bem conhecida pela facilidade de implementação e experiência de utilizador simples, resultado da dedicação da empresa na implementação de soluções com reduzido impacto nos recursos de sistema.

Juraj Malcho, Chief Technology Officer da ESET, comentou a propósito: “estamos muito satisfeitos por ter sido considerados um ‘top player’ pela Radicati no seu mais recente relatório focado na deteção e resposta de ‘endpoints’. Este posicionamento é um reflexo da nossa dedicação ao desenvolvimento de software de cibersegurança avançado e do nosso compromisso com a inovação. À medida a que o panorama da cibersegurança se torna cada vez mais afetado por ataques maliciosos persistentes e ‘exploits zero-day’, muitas empresas – pequenas e grandes – precisam de se ajustar a uma nova realidade. Estamos orgulhosos de figurar pela primeira vez neste relatório e de sermos reconhecidos pelos nossos esforços em tornar tecnologia mais segura para todos.”

Para saber mais sobre o 2020 Radicati Market Quadrant: APT, clique em http://j.mp/RadicatiMktQdrtATP2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*