ESET apresenta 5 dicas para proteger os seus dispositivos conectados

Com a Internet das Coisas e smart devices cada vez mais acessíveis, o útil junta-se ao agradável. Atualmente já é costume ditarem-se notas para assistentes de voz baseados em smartphone ou fazer recurso de televisores smart para tirar partido de streaming, TV na Internet e acesso à rede doméstica.

O potencial de ligação com dispositivos conectados é aliciante numa vida cada vez mais atribulada e onde cada segundo conta, mas a proliferação destes equipamentos no dia-a-dia acarreta riscos de segurança, podendo ser usados como vias de ataque para cibercriminosos. Nesse sentido, a ESET chama a atenção para 5 passos que os utilizadores podem tomar para salvaguardar os seus smart devices e os dados que ali se encontram armazenados ou sincronizados

Proteja o seu router Wi-Fi

A segurança do router deve ser o primeiro passo para proteger a sua ligação à Internet. A ESET recomenda, por isso, que os utilizadores não se deixem ficar pelas configurações pré-definidas destes sistemas, alterando a palavra-passe usada para aceder ao router e a palavra-passe usada para aceder às configurações. A opção WPA2 ou WPA3 é indicada para o efeito. A ESET lembra ainda a importância de manter o sistema com a última versão do firmware, verificando se os updates estão ou não a ser efetuados automaticamente.

Encripte o seu tráfego web

A forma mais simples de encriptar o seu tráfego web é através de uma Virtual Private Network (VPN), que funciona como um túnel encriptado para o seu tráfego. Além de proteger os seus dados de olhos curiosos, uma VPN também permite aceder a dados armazenados na rede doméstica mesmo que se encontre no outro lado do mundo.

Seja smart com o seu smartphone

O smartphone é provavelmente o dispositivo mais usado pelos utilizadores e a maioria dos terminais pode agora ser protegido por uma solução de segurança endpoint que mantém a maioria das ameaças à distância. Para dispositivos Android, a ESET disponibiliza o ESET Mobile Security numa versão gratuita ou premium.

Atualize os seus dispositivos

Começa a ser difícil encontrar um televisor que não inclua funcionalidades smart e, como todos os dispositivos conectados, também as smart TVs podem ser comprometidas por cibercriminosos. Para proteger a smart TV a ESET aconselha a que os utilizadores configurem as opções em detalhe, verificando ainda pela existência de atualizações de firmware ou outras soluções de segurança para incremento da proteção do dispositivo.

Faça a sua parte!

O número crescente de smart devices em cada casa requer a adoção de novas práticas de cibersegurança. Embora a conveniência oferecida por estes dispositivos seja elevada, a ESET recomenda a que não se menosprezem os aspetos de segurança. Uma pequena falha por vezes basta para que cibercriminosos consigam impactar as nossas carteiras. A ESET deixa um apelo: Se o ligar, proteja-o!

Para mais informações, consulte o artigo completo no WeLiveSecurity (em inglês).

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*