Conta de Twitter da Thomson Reuters atacada

Uma conta de Twitter utilizada pela agência noticiosa Thomson Reuters foi comprometida esta semana, por cibercriminosos ligados ao Syrian Electronic Army.

Este grupo reivindicou a responsabilidade sobre diversos ataques que ocorreram nos últimos meses e que foram especialmente dirigidos a meios de comunicação e aplicações de troca de mensagens. Alguns dos exemplos são o jornal Financial Times, a cadeia de televisão CBS e as aplicações Tango e Viber.

O grupo afirmou que entrou na conta oficial da Thomson Reuters para publicar algumas verdades acerca do que está realmente a acontecer na Síria. Importa salientar que esta conta foi suspensa cerca de uma hora depois.

Se este ataque se destinou especialmente ao Twitter, outros ataques anteriores visaram páginas e aplicações do Google Play.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

four × one =

*