21º Aniversário da Google: a celebrar mais de duas décadas de evolução tecnológica   

A Google faz hoje, dia 27 de setembro de 2019, 21 anos! Embora tecnicamente nascida a 4 de setembro de 1998, a empresa optou por sediar as festividades no dia 27. E quem somos nós para discutir com a detentora do maior site do mundo?

Muita coisa mudou desde o início da criação de Larry Page e Sergey Brin. Aliás, basta pesquisar no próprio Google para perceber o quanto o mundo evoluiu em 21 anos. De forma muito bem sucedida, Page e Brin trabalhavam inicialmente o site numa garagem, com um financiamento inicial de 100.000 dólares e uma equipa de apenas seis funcionários. Nos dias de hoje, a sede física da Google, o “Googleplex”, abrange uns impressionantes 190.000 m2. Com ativos de 230 mil milhões de dólares. A Google emprega atualmente mais de 100.000 pessoas em todo o mundo, e processa mais de cinco mil milhões de solicitações de pesquisa por dia.

E à medida que a Google cresce, a Internet também cresce – e pode até ser fácil esquecer a rapidez com que a tecnologia tem evoluido. Vamos, por isso, fazer uma viagem pela memória, e destacar algumas das principais evoluções que ocorreram desde o nascimento da Google.

Quando o mecanismo de pesquisa completou três anos, em 2001, a Wikipedia e o primeiro iPod foram lançados. Um ano depois, o Friendster – o site que se acredita ter sido a alavanca para as redes sociais – foi lançado. Enquanto isso, a Google começou a fazer parte também da cultura popular, quando Buffy, a Caçadora de Vampiros, se tornou no primeiro programa de televisão a usar o nome do mecanismo de busca como verbo (“googlar”) em 2002.

Em 2004, com base no Friendster, Mark Zuckerberg e a sua empresa deram ao mundo o Facebook, o maior concorrente do Google no domínio da Internet. O Gmail, que se tornaria o maior fornecedor de e-mail do mundo, também foi nasceu em 2004. No ano seguinte, a Google comprou os desenvolvedores de dispositivos móveis, Android Inc. e lançou o Google Maps – que acabou por se tornar desafiante para o mercado de GPS. O Reddit e o YouTube também entraram no panorama da Internet em 2005. Bastou um ano, até 2006, para a Google detetar o potencial do site de partilha de vídeo e atualizá-lo, no mesmo ano em que Jack Dorsey criou o Twitter.

2007, foi o ano do iPhone, a primeira iteração do agora icónico telemóvel vendeu um milhão de unidades em 74 dias, enquanto que em 2009 e 2010 assistimos ao lançamento do WhatsApp e Instagram, respetivamente. Em 2011, o ESET Mobile Security foi lançado na Google Play Store para Android OS. O Facebook comprou a aplicação de partilha de fotos, por mil milhões de dólares em 2012 e, dois anos depois, adquiriu por 19 mil milhões o WhatsApp. Nos últimos anos, a Amazon apresentou o seu assistente virtual, Alexa, e a Apple teve grande sucesso com o lançamento da sua linha de relógios inteligentes, o iWatch. Em 2019, assistimos ao desenvolvimento contínuo e ascensão da IA ​​e da próxima fase da conectividade, à medida que as redes 5G começam a ser implementadas em todo o mundo.

Nas duas décadas desde que a Google entrou em cena, temos vindo a assistir a avanços e evolução da tecnologia de forma exponencial. Talvez o aspeto mais notável seja não apenas o quanto a Internet mudou, mas também como mudou o mundo à sua volta. Com interações sociais, nos negócios, na educação, no romance, na cultura, e na política… as facetas da vida humana que a Internet transformou são, de facto, infinitas. Fica a expectativa de até onde poderemos ir nos próximos 21!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*